16/06/2008

GuedelhADYS

Aí está a dinâmica a surgir!

Uma nossa leitora falou de um tema a abordar, o cabelo, as pontas espigadas.


Claro que sim!

Têem pontas espigadas? Sim? Não? Não sabem?
Então para verificarem se as têem, caso não seja óbvio façam o teste:
peguem numa do vosso cabelo e enrolem até ao fim, caso comecem a saltar pontinhas de cabelo, parabéns ele está espigado. Podem fazer em mais madeixas, mas para quê? já sabem que elas lá estão.


Falar de pontas espigadas, é um bocado falar da morte do cabelo, pois a sua existência não abona a favor da vitalidade de uma cabeleira.

Elas não têem volta a dar! Só resta cortar (ou tentar convencer os outros que os vossos fios de cabelo se multiplicam no final), quanto mais tempo deixarem passar mais comprometem toda a saúde dos fios.


E agora começar a trabalhar para que elas não voltem a aparecer. No fundo tratar de pontas espigadas significa tratar para que demorem o máximo possivel a aparecer!

O que são as pontas espigadas? Lenhos ou estrias que surgem no cabelo graças a uma abertura da estutura da sua cutícula e que permitem que este perca a sua hidratação natural que lhe advém da raíz e oleos naturais do couro cabeludo. Perdida essa hidratação o aspecto do cabelo é um V literalmente.

Como fazemos entao?
Os danos que surgem na dita cutícula têm causas, umas físicas outras derivadas de erros que ocorrem no seu manuseamento:
lavagem com água muito quente;
excesso de uso de secador (especialmente a temperaturas elevadas);
excesso de escovagem (especialmente quando está molhado);
exposição ao sol
uso produtos com alcool
brincar com as mãos!




Em primeiro lugar, ter atenção aos produtos que prometem demais!

Selantes de pontas são isso mesmo, procuram selar as pontas para que não abram e para que se mantenham vigorosas por mais tempo. Não reparam como muitos deles afirmam, é impossível colar o que a "natureza separou", lol.

Podem no entanto, dar uma camada de hidratação entre lavagens e amenizar o aspecto bífido de um cabelo, mas apenas como solução temporária até ao fatididico corte de cabelo.

Há uma série de soluções de momento às quais podem recorrer para aliviar o mau aspecto que se pode instalar no final dos vossos cabelos, mas atenção muitas delas de facto nem sequer hidratam o vosso cabelo:

- silicone - tenta criar uma capa para as pontas, normalmente sai na próxima lavagem
- condicionador - procura hidratar d fora para dentro e selar as pontas, com o mesmo sistema de capa, pode acabar por não fazer nem bem, nem mal.
-aplicação de finalizadores de brilho, a doce ilusão.


O cabelo precisa de ser nutrido de dentro para fora (vitaminas do complexo B que se encontram em vários alimentos ) e mantido de fora para dentro, com produtos que ajudem a manter a hidratação, selem as pontas. Finalmente o cabelo tem que ser protegido das agressões.


De alimentação fala-se em outros sítios, mas peixe, verduras, leite e frutas nunca fizeram mal a ninguém não é?

A manutenção do cabelo e protecção das agressões são os cuidados extra que falamos aqui.


Manutenção: lavagem, não é só estar limpo.

Aqui podemos começar a tratar do fim do nosso cabelo, com coisas tão simples quanto: usam o champoo adequado na quantidade certa? Usam a água à temperatura certa?
Como fazer?
1º não lavar o cabelo todos os dias, as raízes precisam de cerca de 48 horas para secar, as lavagens constantes podem "apodrecer" as raízes capilares, e raíz fraca não pode dar cabelo forte!
2º ter um "rol" de champoos - por duas razões, assim como não comemos todos os dias bife com batatas fritas (não fossemos ladys!) o cabelo também não pode ser mantido sempre ao mesmo e também porque consoante as condições às quais o expomos ele tem necessidades diferentes. Assim talvez podessemos ter um champoo menos agressivo e um outro mais adequado ao problema ou caracteristica que nos aflige (secura, oleosidade, cabelo pintado, caracois, etc.)
3º Não espetar com o produto na cabeça (quantas vezes eu fiz isso), devemos esfregá-lo nas mãos e se possivel adicionar um pouco d água antes de aplicar, espalhando bem, esfregando os fios e junto ao couro cabeludo usar as pontas dos dedos nao as unhas!
4º Enxaguar muito bem, se possivel com água mais para o fria, sendo ideal que ao menos a ultima passagem de água seja com água bem fria (já que a água quente ajuda a abrir a cuticula, a fria faz o contrario, tal como na pele)
5º o condicionador é aplicado nos fios não na raíz, caso contrario podemos ter todo um bom aspecto arruinado.
6º até saberem qual a quantidade de produto certa, ponham pouco e se necessário apliquem mais, o exagero de produtos não é necessariamente melhor!



Hidratação

Soluções não faltam: condicionadores, cremes de pentear, e os modernissimos leave in! Mas ainda podem recorrer ao rectaguardista remédio das avós: o azeite.

Experimentem ter num recipiente um pouco que azeite (de preferencia morno ATENÇAO!!! morno,eu disse morno) e aplicar no comprimento do vosso cabelo madeixa a madeixa, com as mão ou o auxílio de um pincel. De seguida enrolem em película transparente e cubram com uma toalha húmida e quente. Aguardem 10 minutos e lavem com um shampoo neutro.

Regularmente (1x semana) hidratem em profundidade o vosso cabelo, ele agradecerá com um brilho natural.Tentem óleos selantes ou de hidratação, máscaras ou aquele truque do azeite.

Com a entrada no verão dêem atenção aos produtos com protecção UV, mesmo que não vão para a praia. Especialmente porque faz bem e como estímulo saibam já que a maior parte deles cheira taaao bem. E depois podem sempre usar porque em Portugal há sol o ano inteiro.


Secagem

Antes de secar, absorvam o máximo de água possivel do vosso cabelo com a ajuda de uma toalha, mas sem esfregar, apenas aconchegando os fios ate absorver,
Sempre que possivel, secar o cabelo ao ar é o melhor, mas em caso de necessidade se vao usar um secador atenção:
- usem um produto termoprotector
-o secador deve ficar a não menos de 15 cms da cabeça
- a temperatura do secador não deverá ser a mais alta (e nas finalização da secagem deverá mesmo ser regulada para a mais fria permitindo um resultado mais brilhante).
- A variante mais sensação dentro dos secadores são os iónicos com tourmaline ou cerÂmica, que supostamente teem no "bocal" um revestimento cerâmico que permite emitir ioes (não me perguntem se negativos se positivos) que ajudarão a manter a água dentro do fio, não a expulsando do cabelo.
-as escovas, hummm mundo muito interessante sem dúvida. Saber que escova usar requer mesmo muita pesquisa: para secar o cabelo devem procurar escovas com revestimento cerâmico, tal como os secadores. As escovas devem ser escolhidas em termos de diâmetro consoante o tamanho da zona a secar.

Para pentear: com os cabelos molhados, esqueçam-nas, procurem um pente de dentes largos (de madeira de preferencia) e usem-no à medida que vao aplicando o condicionador, dessa forma ajudam na absorção do produto e desembrulham possiveis nós que tenham surgido com a lavagem.


Depois de lavado e enxuto, começem das pontas para a raíz a, lentamente e com calma, pentear o cabelo.

Quando seco, cabelos mais curtos podem ser penteados com um pente ou escova aranha, cabelos mais longos, com uma escova pneumática de cerdas naturais ou com bolinhas nas pontas.



Relembrar estas coisas nunca é demais especialmente porque depois desta trabalheira toda, a verdade é que devem visitar um cabeleireiro para cortes de manutenção de 2 em 2 meses para ter o cabelo sempre super OK.


Be shinny.

2 comentários:

fátima disse...

Olá, cá estou eu. De facto, andamos assim um bocadinho "acertadas"... gostei deste post (ainda não tive tempo para ler mais), e parece-me que escreves um bocadinho como eu (principalmente no http://donadecasa.blogs.sapo.pt) assim com um humor à mistura, polvilhado como-quem-não-quer-a-coisa...

Gostei, vou pôr-te já nos meus favoritos, e vou pôr o teu url no "armário"

B'jinhos

Fátima

Anónimo disse...

Oiie meninas!
Mto bem, tratem de TRATAR o vosso cabelito como ele merece! Bem, eu agora ando a testar umas máscaras de 1kg, q dão para usar e abusar, q é máscara q nunca mais acaba. E tou a pensar comprar um serum p as pontas estragadas. Adorei o post e o blog, esse já o visito diariamente :) beijooooo*