17/09/2008

Dicas para pintar o cabelo

Depois da vaidade... a necessidade!
Passei anos a pintar o cabelo de preto, ruivo, etc, enfim, deveria ser indiciada por tentativa de homicídio aos meus cabelos! :P
Depois cansei-me e deixei-me ficar pela minha cor natural e, quando realmente comecei a apreciá-la, apareceram-me uns 3 fios de cabelos brancos mesmo nas repas (com o passar dos anos multiplicaram-se!). Não conseguia esconde-los, nem de risco ao meio, nem p'ró lado esquerdo, nem p'ró lado direito. Resultado? Tive de voltar a pintar! Optei pelas tintas de hipermercado "tom-sobre-tom". Gostei, mas decidi mudar... fiz madeixas, que passado uns meses também cansei, além de exigir maior manutenção... Voltei as tintas do supermercado, até que uma amiga disse para comprar tinta profissional naquelas lojas de produtos para profissionais... e lá fui eu!
Depois de alguma experiência, deixo aqui algumas dicas...
ANTES:
  • Pelo menos 2 dias antes, lave os cabelos e não utilize nenhum produto leave-in (espuma, laca, gel, cera, etc)
  • Não caia na tentação de lavar o cabelo entretanto: a gordura das glândulas sebáceas protege naturalmente o couro cabeludo da tintas
  • Não esqueça de fazer o teste de alergia (seguir os conselhos da marca)
  • Penteie o cabelo antes de o pintar (deverá estar seco e completamente desembaraçado)
  • Leia atentamente as instruções da marca e siga-as à risca e em todas as etapas! Saltar o teste da alergia ou prolongar o tempo de pausa poderão causar dissabores...
  • Peça ajuda à vendedora para escolher o tom ideal. Se não inspirar confiança é melhor comprar noutra loja (algumas dicas que aqui estão foram dadas por vendedoras competentes)
DURANTE:
Separe todo o material necessário...
  1. plástico para proteger a roupa (eu adaptei um saco do lixo com fita cola, mas por segurança uso sempre uma t-shirt antiga por baixo)
  2. creme hidratante ou vaselina para passar no contorno do rosto (testa e nuca) e orelhas para não "pegar" a tinta
  3. luvas (as embalagens profissionais não trazem)
  4. medidor (comprei)
  5. pincel (comprei)
  6. embalagem plástica para mistura (uso um boião de um creme hidratante)
  7. toalha (uso sempre a mesma, já está todo colorida)
  8. pente fininho com cabo comprido (para separar as mechas)
  9. coloração + oxidante
Agora, mãos à obra...
Separe muito bem o cabelo em mechas, para garantir total cobertura. Nesta fase deve levar em consideração se o seu cabelo já foi pintado e que tipo de resultado pretende. Caso queira...
  1. Pintar Cabelos virgens: nos cabelos que nunca receberam nenhum tipo de coloração, o processo de aplicação pode ser directamente da raiz às pontas. Comece pela nuca, onde o produto demora mais a reagir.
  2. Pintar Cabelos já pintados (com outro tom): caso seus cabelos já estejam com coloração, mas a raiz já esteja natural, deverá aplicar a tinta das pontas em direcção a raiz, deixando as zonas de cabelo naturais para o fim. Aplique em todos os fios e deixe agir por 20 minutos, contados a partir do fim da aplicação. Só depois recomece a aplicar em toda a parte crescida. Quando terminar, aguarde 15 minutos e lave os cabelos.
  3. Retocar a raiz (com o mesmo tom): se sua raiz necessita apenas de retoque, basta colocar a coloração directamente na raiz. Deixe o tempo indicado e depois distribua pelo resto do cabelo e deixe mais uns minutos (prolonga o brilho de todo o cabelo)
  4. Cobrir cabelos brancos: comece sempre pela zona onde estão em maior quantidade, e depois reparta por todo o cabelo.
Não prenda o cabelo durante o processo, só depois de espalhar bem a tinta poderá prender o cabelo no próprio cabelo... a tinta ajuda a "segurar" o cabelo mas, caso caia, não manchará, pois para isso serve o plástico protector da roupa! :P
Não passe pelo Sol nem use uma touca para "segurar" o cabelo. O calor poderá interferir na reacção química da pintura.
Respeitado o tempo de pausa, enxague o cabelo com água morna, emulsione e só depois retire toda a tinta possível com muita água. Só depois da água sair praticamente limpa, deverá usar o shampoo próprio para cabelos pintados (atenção: algumas marcas não aconselham a lavagem com shampoo e até indicam produto próprio). Uma leve hidratação com amaciador próprio, pelo menos nas pontas, também deverá ser feita.
DEPOIS
  • Utilize shampoo próprio para cabelos pintados - os outros poderão ser muito agressivos e comprometer a duração da cor. Hidratar os fios é importante, principalmente se forem compridos (mesmo que oleosos: hidrate as pontas!).
  • Evite banhos muito quentes, o calor resseca os cabelos e o vapor desbota a cor.
  • Caso apanhe Sol, ou vá a praia ou piscina, use sempre protectores solares para o cabelo.
É melhor apostar numa boa manutenção a ter de recorrer a pinturas frequentes ao cabelo... Por melhor que seja a tinta, não deixa de ser um produto químico que poderá estragar bastante o seu cabelo.
BE COLORED! :P

10 comentários:

ximiusa disse...

muito bem! nem d proposito pk as minhas raízes ja estão a gritar SOS! est fim de semana nao falha!

Ana Lopes disse...

Olá Lady!!Adoro o teu blog.

Quanto a este ultimo post, é interessante falares nisto, já que venho a pensar em ir comprar a tinta as lojas dos cabeleireiros.

Achas que é melhor que a tinta de super-mercado?É mais cara?

Beijinhos

Ana disse...

Olá, Ana Lopes,

Em nome das meninas do Lady Like agradeço o teu comentário! :)

Já utilizei muito as tintas de supermercados, mas agora que uso tintas profissionais sinto grande diferença, principalmente na duração... As tintas dos super's são, sem dúvida, mais práticas e mais baratas (na caixinha já traz tudo). Mas se pensares que dali a 2/3 semanas terás de pintar outra vez... O investimento nas tintas profissionais compensa!

Eu comprei um frasco grande de oxidante (por isso tb comprei o medidor), mas dá para imensas utilizações.
Mas se quiseres experimentar, compra um frasco pequeno, com a dose necessária para a 1ª utilização, caso não gostes não ficas com oxidante em stock! ;)

Com a tinta profissional só me apercebo dos cabelos brancos quando começam a crescer, já com a tinta do hiper, por mais "potente" que fosse, a tinta desbotava e os cabelos brancos ficavam a vista. Outra coisa que noto é que com a tinta profissional o meu cabelo, que é oleoso, fica muito mais seco! (por isso aconselho cuidados redobrados na hidratação)

Espero ter ajudado!
Beijos e obrigada!

Ana Marta disse...

Ahhhh obrigada por este post! Eu nao costumo pintar o cabelo de uma cor muito diferente da minha natural, e mais para intensificar a cor e dar brilho, mas sempre que eu uso (mesmo tintas permanentes) ao fim de umas semanas ja esta na minha cor de novo.

Vou experimentar as dicas e provavelmente investir numa tinta profissional.

Nice post :-)

Ana

pimenta rosa disse...

fiquei a pensar nisto das tintas profissionais, há alguma marca que aconselhes quanto à relação qualidade/preço?

Ana disse...

Olá, Pimenta Rosa!
Eu não sou fiel a nenhuma marca de tinta, mas as minhas últimas escolhas têm recaído na marca Revlon e, para já, estou bem satisfeita!
Obg pelo comentários!
Ana

Mary disse...

Olá boa tarde!!
Tenho os cabelos castanho escuro meio longo,e as pontas tingidas de louro claro dourado( já faz dois anos q havia tingido e ñ retoquei mais)...
Bem, gostaria de uma dica de que cor pintar os meu cabelos, estou em duvida nas cores castanho clarissimo, ou mel..Tenho a pele morena ñ mt clara, e os olhos castanhos escuros...Poderia me ajudar???
Obrigada!!
Aguardo retorno urgente!! Maria!!

Big Vanity Box disse...

Oi Ximi! Obrigada pelas dicas... vem mesmo a calhar! Sempre tive vontade de experimentar tinta profissional!

Jéssica Letícia disse...

Oi olha me tira uma dúvida se eu misturar a tinta chocolate acobreado, com a avelã tentação e o vermelho amora todos koleston qual o resultado?

ximiusa disse...

jéssica... lamento mas não faço misturas, e nem sequer conheço essas tintas....