02/12/2009

2009 vai-te embora, olá IRS!

No início da recta final do corrente ano está na hora de fazer contas à vida e conseguir poupar nos resultados para o IRS que teremos que receber/pagar no ano que vem.

A ideia é procurar ter despesas, caso possível até ao fim do ano, em produtos ou serviços que nos possam dar benefícios fiscais ou permitir deduções à colecta de modo a ter o "máximo lucro", talvez eu devesse mencionar o "minimo prejuízo".

Coisas como PPR's, educação, energias renováveis, habitação, são do conhecimento geral que proporcionam benefícios.
Mas esses benefícios teem limites, por isso convem que não gastem para além do necessário, em busca de algo que o Estado simplesmente não valoriza mais.

Numa busca rápida pelo Google, pela expressão GUIA FISCAL 2009, podem ficar a saber de tudo.

Indico aqui dois sites que podem ajudar:
http://www.bes.pt/sitebes/cms.aspx?plg=73916849-E9FA-4969-AC65-B704BB491591
e ESTE É ESPECIALMENTE RECOMENDADO, pois para ale´m de mencionar tudo em forma de tabela, tem os limites que interessam, atenção, contem 3 paginas, vejam todas.
http://www.optimize.pt/index.php/Fiscalidade/Guia-Fiscal-2009.html

BE rich!

2 comentários:

Anónimo disse...

Tantos erros ortográficos, já irrita!

Sakura (Ana Sofia) disse...

Não seria antes já irritam???