06/09/2010

Viscoso e tão gostoso!

Pelas bandas da minha casa, aquilo já parece a Inquisição Espanhola, tão grande é a perseguição às embalagens vetadas ao esquecimento após o uso.
Não pode ser temos que usar, comprámos e o destino das coisas é serem consumidas!

E só posso dizer que é óptimo :)
Se dantes me dava ao luxo de dizer "AH EU USO DEPOIS"
Agora não: EU USO JÁ E É MESMO PORQUE VOU ACABAR COM AQUILO E VAI SER BOM PARA MIM.
E é mesmo :) Cuidar de nós é tao bom .

Até parece mentira, mas só depois de ter percebido que durante anos entendia o slogan do leite matinal ao contrário é que começei a ver as coisas com outros olhos.

Adiante.
Apresento-vos a coisa mais estranha que alguma vez usei.
BODY SLUSH - por Elizabeth Arden , da linha do Perfume Green Tea.

O termo "slush" é dificil traduzir, o que encontrei foi a ideia de um estado meio solido meio liquido.
Meninas é apenas uma nhanha, que vem num pote enorme de 400mls, e estava encostada no armário.
Mas porquê?
Tamanho generoso

Aspecto viscoso.


Sensação estranha ao toque, quase como um gel de cabelo mas que não é pegajoso é so gelatinoso, viscoso.

Só que nem tudo o que é estranho é maiu, este menino numa manhã de Verão faz maravilhas!

Ficamos fresquinhas que nem uma alface, e sentimos um leve aroma bem agradável o resto do dia.

Bom Bom Bom! e em breve Bye Bye Bye.

Be slushy!

Sem comentários: